Thursday, August 09, 2007

Do que fui e do que sou

Já fui de me esconder atras do humor, de justificar por timidez a minha covardia.
Um milhão de oportunidades perdidas depois, resolvi que prefiro apostar no incerto do que ter a certeza de me manter inerte.
Não há dor maior do que ser prisioneiro do próprio medo. E não há sentimento pior do que não ter o que sentir..

3 comments:

Tiago said...

dito de outra forma, no poema Juca Mulato:


"não amar é sofrer; amar é sofrer mais”!
Menotti Del Picchia

Gabriella Tavares said...

sou sua fã
Sucessooo

Caio said...

Nao ter o que sentir é pesado.
eu sinto sempre.
saudades de ti.